Explosões em um hotel de luxo em Bangladesh fere 50

Vazamento de gás pode ser a causa das três explosões; entre as vítimas há estrangeiros e policiais

Efe,

02 de junho de 2008 | 02h30

Cerca de 50 pessoas, entre elas vários turistas, ficaram feridas em três explosões - aparentemente acidentais - registradas durante a noite em um luxuoso hotel da capital de Bangladesh, Daca, segundo informou nesta segunda-feira, 2, a Polícia bengalesa. A primeira explosão aconteceu na noite de domingo às 21h30 (12h30 de Brasília) em uma suíte do sétimo andar do hotel Orchid Plaza, e causou ferimentos graves no cliente - de nacionalidade cingalesa - que ocupava o quarto, segundo informou a Polícia à agência UNB. Duas horas depois, outras duas explosões destruíram janelas e móveis de dois quartos do oitavo andar no mesmo hotel, quando os bombeiros, a Polícia e equipes do Exército já estavam no local. Os feridos, entre os quais há estrangeiros e membros das equipes de resgate, foram levados para diferentes hospitais de Daca. Segundo um oficial do Exército citado pela UNB, as explosões podem ter sido causadas por um vazamento de gás de um encanamento. A primeira explosão, disse, aconteceu quando o hóspede do Sri Lanka foi ao banheiro da suíte e acendeu um cigarro.

Mais conteúdo sobre:
Bangladeshexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.