Explosões matam cinco soldados americanos em Bagdá

Pelo menos cinco soldados americanos morreram neste sábado na explosão de duas bomba no sul de Bagdá, segundo informou o comando militar dos Estados Unidos no Iraque. Um comunicado do Exército americano informou que quatro soldados morreram no momento da explosão, quando o veículo em que viajavam passava por um bairro do sul da capital. Os militares se dirigiam para cumprir "uma missão de combate". Segundo outra nota oficial, outro militar morreu neste sábado em conseqüência dos ferimentos causados pela explosão de outra bomba, também no sul de Bagdá, embora o comunicado não esclareça se existe uma relação entre os dois fatos. Com estas mortes o número de soldados norte-americanos mortos no Iraque desde a invasão do país, em março de 2003, chegou a 2.389, segundo os números oficiais oferecidas pelo Pentágono.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.