Explosões matam nove soldados americanos em Bagdá

Nove soldados americanos morreram em explosões no norte de Bagdá na segunda-feira, 5. De acordo com fontes militares, eles foram vítimas de duas diferentes ocorrências nas províncias de Salahuddin e Diyala.Seis dos nove soldados morreram após a explosão de uma bomba, que atingiu o veículo em que viajavam, durante uma operação em Salahuddin. Nesse incidente, três outros ficaram feridos e foram encaminhados a um hospital militar.Segundo um comunicado oficial do Exército dos EUA, a explosão de uma outra bomba, na província de Diyala, matou outros três soldados americanos e feriu um quarto.Segunda-feira foi o dia em que mais morreram soldados americanos no Iraque desde 7 de fevereiro, quando 11 foram mortos. O recorde de baixas americanas no país, no entanto, foi registrado em 26 de janeiro de 2005, quando 37 morreram.Os nomes dos nove militares mortos na segunda-feira devem ser divulgados somente após as famílias serem notificadas oficialmente pelo Exército dos EUA.Este texto foi alterado às 7h30 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.