Explosões matam pelo menos 20 pessoas no Iraque

Bombas foram colocadas em micro-ônibus que viajavam entre Kut e Bagdá.

BBC Brasil, BBC

24 de agosto de 2009 | 16h12

A polícia no Iraque informou que pelo menos 20 pessoas morreram e outras dez ficaram feridas nesta segunda-feira em ataques com bombas contra dois micro-ônibus na cidade de Kut, área de maioria xiita, no sul do país.

A polícia afirma que mulheres e crianças estavam entre os mortos e feridos nos dois ataques, que ocorreram na estrada entre Bagdá e Kut, de acordo com o correspondente da BBC em Bagdá Andrew North.

Os dois ataques teriam sido causados por dispositivos conhecidos como bombas "magnéticas" ou "grudentas", usadas geralmente por insurgentes iraquianos.

As bombas foram grudadas em um dos lados dos micro-ônibus e explodiram com um intervalo de meia hora entre uma e outra.

Ataques diários

Os últimos incidentes ocorrem menos de uma semana depois de dois grandes ataques com caminhões em Bagdá, que deixou cerca de 100 mortos.

Estes últimos ataques levaram muitos iraquianos a questionar a alegação do governo de que a situação de segurança do país está sob controle.

No geral, o nível de violência caiu desde que foram registrados seus níveis mais altos no Iraque, em 2006 e 2007.

Apesar de a violência permanecer a níveis mais baixos que os registrados há dois ou três anos, os ataques continuam ocorrendo quase diariamente.

E, desde que os soldados americanos se retiraram das áreas urbanas iraquianas no final de junho, os ataques aumentaram. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
iraqueexplosõesbagdákut

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.