Explosões ocorrem na Espanha após telefonemas de grupo Basco

Bombas de baixo poder explosivo foram detonadas em sete cidades espanholas, depois de alertas telefônicos feitos pelo grupo separatista basco ETA no aniversário da Constituição espanhola, texto que estabelece o sistema de autonomia regional que o ETA condena. Pelo menos 18 pessoas sofreram ferimentos leves nas explosões quase simultâneas em Valladolid, Leão e Santillana del Mar, no norte; Ávila e Cidade Real, no centro do país; Alicante no leste e Málaga no sul.As explosões, que ocorreram em cafeterias e outros locais públicos, se deram cerca de uma hora depois de dois telefonemas ao jornal basco Gara, feitos por pessoas alegando falar pelo ETA. As autoridades conseguiram retirar as pessoas presentes aos locais mencionados, mas em dois dos casos as explosões ocorreram em outros pontos. As explosões foram pequenas e aparentemente calculadas para evitar mortes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.