Explosões são ouvidas em Cabul logo após Obama deixar o país

Duas explosões teriam acontecido na cidade; segundo fontes, Taleban teria assumido os atentados

AE,

02 Maio 2012 | 00h08

CABUL - Pelo menos duas explosões foram ouvidas na capital afegã, Cabul, nesta quarta-feira, pouco depois de o presidente dos EUA, Barack Obama, fazer uma visita surpresa àquele país.

Uma dessas explosões foi causada por um carro-bomba, conduzido por um suicida, que atingiu uma área da estrada de Jalalabad, que abriga várias bases militares estrangeiras, disse o chefe de polícia de Cabul, Mohammad Ayoub Salangi. "Ainda não há informações sobre quais eram os alvos e se há feridos".

A embaixada dos Estados Unidos disse que estava "sob bloqueio", e advertiu funcionários a se protegerem e permanecerem distantes das janelas.

Mais cedo, Obama aterrissou em Cabul em meio a forte esquema de segurança e sigilo, onde assinou um acordo com o presidente afegão, Hamid Karzai, consolidando 10 anos de ajuda dos EUA ao Afeganistão, após a saída das forças de segurança da Otan, o que deverá ocorrer em 2014. O Taleban assumiu a autoria dos atentados, segundo fontes locais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.