Explosões simultâneas atingem a Cidade do México

Pelo menos três explosões simultâneas aconteceram na madrugada desta segunda-feira na sede nacional do Partido Revolucionário Institucional (PRI), do Tribunal Eleitoral na Cidade do México, e em um escritório bancário, disseram à Efe fontes da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF). O Tribunal Eleitoral do Poder Judiciário da Federação (TEPJF) está localizado no sul da capital e a sede nacional do PRI fica no bairro de Buenavista. Neste último caso, a Efe pôde comprovar que a explosão ocorreu no auditório "Plutarco Elías Calles" e danificou a fachada da sede desse partido político. A terceira explosão atingiu uma filial bancária localizada no sul da cidade, nas proximidades do Estádio Azteca. Por enquanto, não há informações sobre vítimas ou danos materiais, segundo a SSP-DF. A emissora de rádio 98.5 afirmou que aconteceram cinco explosões na capital mexicana, mas não menciona sua possível causa. Já a agência Notimex menciona três explosões quase simultâneas que atingiram as instalações do TEPJF, principal órgão com jurisdição eleitoral no México, outra na sede nacional do PRI e uma terceira em uma filial bancária de Tlalpan. As explosões ocorrem no momento em que o México vive uma grave crise social em Oaxaca, 450 quilômetros ao sul da capital, que forçou o posicionamento na cidade de milhares de agentes da Polícia Federal Preventiva (PFP). Além disso, quatro novos magistrados foram nomeados há poucas horas como parte de uma renovação do Tribunal Eleitoral mexicano nos próximos dias. O organismo foi encarregado de analisar as impugnações e designar o vencedor das eleições presidenciais de 2 de julho, nas quais Felipe Calderón venceu o esquerdista Andrés Manuel López Obrador por uma diferença de apenas 231 mil votos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.