Exportações da China registram forte crescimento em setembro

As exportações da China cresceram quase duas vezes acima da taxa esperada em setembro, ao passo que as importações voltaram a mostrar expansão, sugerindo que as medidas do governo para estimular o crescimento estão funcionando e que políticas adicionais de incentivo talvez não sejam necessárias agora.

Reuters

13 de outubro de 2012 | 09h07

Dados da alfândega mostraram que as exportações cresceram 9,9 por cento em setembro, na comparação anual, quase duas vezes a taxa de 5 por cento estimada por investidores. O número representa também um forte avanço em relação a agosto, quando as exportações cresceram 2,7 por cento na comparação anual.

As importações tiveram expansão de 2,4 por cento em setembro, frente ao mesmo mês de 2011, número em linha com a pesquisa feita pela Reuters, que apontava para uma recuperação após o inesperado recuo de 2,6 por cento nas importações em agosto, também em base anual.

O superávit comercial foi de 27,7 bilhões de dólares em setembro, ante expectativa de 20,7 bilhões de dólares. Um mês antes, o saldo positivo foi de 26,7 bilhões de dólares.

"O dado de exportação foi muito mais forte que o esperado, sinalizando que os mercados externos têm se recuperado", disse à Reuters o economista Xiao Bo, da Huarong Securities em Beijing.

(Por Xiaoyi Shao e Sui-Lee Wee)

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAEXPORTACAOSETEMBRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.