Expulsão de ciganos da França avança pelo segundo dia

Cerca de cem ciganos foram colocados hoje num voo fretado com destino à Romênia, país onde nasceram. Trata-se do segundo dia da criticada ação francesa contra o grupo. Imagens da televisão Associated Press mostram cerca de cem homens, mulheres e crianças ciganos chegando de ônibus ao aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

AE-AP, Agência Estado

20 de agosto de 2010 | 12h32

Após fazerem o check-in no terminal do voo, eles foram levados de ônibus até o avião, cujo destino é a cidade de Timisoara, no oeste da Romênia. O presidente Nicolas Sarkozy anunciou as medidas contra os ciganos, também conhecidos como "roma", no final de julho, como parte de uma "guerra" contra o crime. A campanha é considerada discriminatória. A França pode repatriar ciganos se eles não conseguirem provar que podem se sustentar no país.

Tudo o que sabemos sobre:
expulsãociganosFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.