Ruben Sprich/Reuters
Ruben Sprich/Reuters

Extrema direita é favorita para vencer eleições suíças

Partido do Povo Suíço espera superar a barreira dos 30% e se consolidar como a maior força política do país

Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

17 Outubro 2015 | 14h41

 

GENEBRA – Com a questão sobre a imigração dominando o debate eleitoral, os suíços vão neste fim de semana às urnas para as eleições gerais e com as sondagens apontando para a possibilidade de um resultado inédito para os partidos de ultra-direita.

Depois de conquistar em 2011 mais de 27% dos votos, o Partido do Povo Suíço (SVP, sigla em alemão) espera superar a barreira dos 30% e se consolidar como a maior força política do país. O grupo é conhecido por suas posturas ultra-nacionalistas e que chegaram a ser condenados por entidades de direitos humanos. 

A campanha foi dominada pelo tom adotado pelo SVP, alertando para o risco de um fluxo migratório e com cartazes espalhados pelo país mostrando seus candidatos vestidos com roupas tradicionais dos alpes e um passaporte suíço no bolso. O atual fluxo de refugiados sírios pela Europa ainda permitiu o partido a usar o tema em seu programa eleitoral. 

O partido quer colocar uma moratória sobre a concessão de asilo e ainda retirar a Suíça do acordo de Schengen, que estabelece fronteiras comuns para a Europa. 

Analistas e mesmo políticos da direita moderada alertam que a nova realidade pode romper com uma tradição de décadas da Suíça de formar governos colegiados, com a participação dos quatro maiores partidos do país e permitindo que todas as iniciativas sejam adotadas por unanimidade entre os diferentes partidos. 

Uma confirmação da vitória da ultra-direita também pode levar partidos de centro a uma posição de fragilidade, inclusive para tradicionais formações como o Partido Radical ou o Partido Socialista. 

Mais conteúdo sobre:
Suíça eleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.