Extremista se entrega para pedir recompensa

Mohamed Ashan, um comandante do Taleban no município afegão de Sar Howza, decidiu se entregar às autoridades e pedir a recompensa que era oferecida pela própria captura. O cartaz que Ashan levou à delegacia mostrava a oferta de US$ 100 por informações que levassem ao extremista, suspeito de ataques contra as forças de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.