Nic Bothma/Efe
Nic Bothma/Efe

Extremistas islâmicos explodem ponte em cidade do Mali

Ação marca o primeiro uso de explosivos pelos insurgentes desde o início da intervenção francesa

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2013 | 14h46

SEVARE - Uma autoridade local disse que extremistas islâmicos, sediados na cidade de Ansongo, no Mali, destruíram uma ponte perto da fronteira com o Níger, marcando o primeiro uso de explosivos pelos insurgentes desde o início da intervenção militar conduzida pela França há duas semanas.

Djibril Diallo, chefe do vilarejo de Fafa, localizado a 20 quilômetros da ponte, disse nesta sexta-feira, 25, que os residentes de sua cidade pediram que ele confirme que os extremistas bombardearam a ponte que cruza a cidade de Tassiga na noite de ontem.

Diallo afirmou que ponte explodiu por volta das 21h da quinta-feira. Segundo ele, os extremistas deixaram suas barracas em Ansongo para destruir a ponte que conduzia à cidade de Tassiga, muito perto do Níger.

As informações são da Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.