Fábrica de vazamento tóxico vai reabrir

HUNGRIA

, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2010 | 00h00

A fábrica de alumínio que provocou o acidente industrial de 4 de outubro na Hungria deverá ser reaberta entre amanhã e sexta-feira. "Já iniciamos o aquecimento industrial e assim que alcançarmos uma boa temperatura, reiniciaremos a produção", afirmou Gyorgy Bakondi, comissário do governo responsável por administrar a empresa. As localidades de Kolontár e Devecser, a 160 quilômetros ao sudoeste de Budapeste, foram as mais afetadas pela lama tóxica que fugiu de uma represa da fábrica, deixando nove mortos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.