Fábrica do patinete elétrico Segway faz recall

O fabricante do Segway Human Transporter, um patinete motorizado e computadorizado que foi apresentado como o meio de transporte do futuro, concordou em fazer um recall, porque o veículo derruba os usuários quando as baterias estão fracas. A Comissão de Segurança do Consumidor anunciou a medida, informando que três pessoas se feriram. Uma precisou tomar pontos. O recall envolve cerca de 6.000 dos patinetes, que podem chegar a 19 km/h. O veículo usa giroscópios para se manter ereto, mas a Comissão diz que, com as baterias fracas, a energia pode não ser suficiente para tanto. O Segway foi revelado em dezembro de 2001, com muita pompa, por Dean Kamen, um inventor com mais de 100 patentes, incluindo uma cadeira de rodas que sobe escadas e o primeiro sistema portátil de hemodiálise. Os patinetes custam cerca de US$ 5.000 cada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.