Natalie Oxford/AFP
Natalie Oxford/AFP

Fachada inflamável de prédio londrino foi colocada por motivos estéticos

Segundo o jornal 'The Independent', revestimento tinha como objetivo aproximar o visual do prédio de edifícios vizinhos em áreas nobres do norte de Kensington

O Estado de S.Paulo

14 de junho de 2017 | 17h04

LONDRES - Documentos obtidos pelo diário britânico Independent indicam que o revestimento usado no prédio que pegou fogo na madrugada desta quarta-feira, 14, e ajudou a espalhar as chamas por todo o edifício foi colocado para melhorar a fachada em um projeto de revitalização da região.

Ainda de acordo com o diário, o revestimento tinha como objetivo aproximar o visual do prédio de edifícios vizinhos em áreas nobres do norte de Kensington. 

"Em virtude da altura da torre e por ela ser visível em áreas adjacentes ao Projeto de Conservação de Ladbroke, as mudanças vão melhorar sua aparência, principalmente quando vista de bairros próximos", diz o documento de 2014 do conselho de obras da cidade. 

Ainda de acordo com o texto, o material usado no revestimento foi escolhido de acordo com o plano de desenvolvimento para preservar as aparências do prédio. 

Ao menos 12 pessoas morreram em um incêndio de grandes proporções na madrugada. O fogo atingiu o edifício de 24 andares na região oeste da capital britânica e deixou mais de 70 feridos, que já foram hospitalizados. Alguns moradores ficaram presos no local em chamas. 

"Posso confirmar seis mortes no momento, mas o balanço deve aumentar durante o que será uma complexa operação de busca de vários dias", afirmou em um comunicado Stuart Cundy, comandante da Polícia Metropolitana.

 

Tudo o que sabemos sobre:
LONDRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.