Falha da liderança causou abusos no Iraque, diz general

O general americano que foi o primeiro a investigar os maus-tratos de prisioneiros no Iraque diz que os abusos são resultado de liderança falha, ?falta de disciplina, total ausência de treinamento e nenhuma supervisão?. O general Antonio Taguba também deixou aberta a possibilidade de que agentes da CIA, outros militares e trabalhadores civis também tenham culpa nos eventos ocorridos na prisão de Abu Ghraib. Ele prestou depoimento no Senado americano.?Uns poucos soldados e civis conspiraram para abusar e conduzir atos de violência contra detentos e outros civis, fora dos limites da lei internacional e da Convenção de Genebra?, disse o general. Sem citar nomes, Taguba acusou a general Janis Karpinski, da 800ª Brigada de Polícia Militar, por liderança falha em comando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.