Falsa ameaça de bomba retém avião por 4 horas no Cairo

O avião da Alitalia esvaziado nesta quarta-feira no Cairo, no Egito, após uma falsa ameaça de bomba, já deixou o aeroporto egípcio com destino a Roma, informou a companhia aérea italiana nesta quarta-feira.

REUTERS

17 de fevereiro de 2010 | 19h37

A aeronave, que tinha 157 pessoas a bordo, ficou retida no aeroporto do Cairo por cerca de quatro horas.

"A Alitalia confirma que o voo AZ 897, prestes a deixar o Cairo com destino a Roma, ficou retido no aeroporto do Cairo para controle de segurança devido a uma falsa ameaça de bomba a bordo", de acordo com a nota da empresa.

Os passageiros foram forçados a deixar o avião para que as operações de inspeção da aeronave fossem feitas, mas nenhum perigo foi identificado.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOAVIAOBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.