Falso alarme de bomba em Roma atrasa vôo para Londres

Uma ameaça de bomba no aeroporto de Roma fez com que a Alitalia retirasse todos os 165 passageiros a bordo de um avião com destino para Londres, no sábado, mas depois de uma busca por explosivos na área de bagagem da aeronave o vôo foi autorizado com quatro horas de atraso. O alarme foi feito por um telefonema anônimo que disse que havia explosivos a bordo do vôo AZ-203, que deveria decolar do aeroporto de Fiumicino às 8h30 (horário de Brasília). A polícia e viaturas do corpo de bombeiros cercaram o avião enquanto as malas eram removidas. Nada suspeito foi encontrado. Depois disso os passageiros foram autorizados a embarcar novamente. (Reportagem de Robin Pomeroy)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.