Falso de incêndio provoca 16 mortes em Bangladesh

Pelo menos 23 pessoas morreram e quase 100 ficaram feridas hoje durante um pânico causado por um falso alarme de incêndio num prédio de sete andares que abrigava fábricas têxteis, informaram policiais e bombeiros.Os funcionários, a maioria mulheres, foram tomados de pânico quando o alarme soou devido a um curto-circuito. Mas não houve nenhum incêndio, disseram os bombeiros. A maioria das vítimas foi pisoteada ou caiu pelas escadas ao tentar fugir, afirmou a polícia. Os feridos foram levados a hospitais próximos.Dezesseis pessoas - dois homens e 14 mulheres - morreram no local. As mortes ocorreram quando centenas de funcionários tentavam escapar do suposto incêndio ao mesmo tempo por meio de estreitas escadas. Outras sete pessoas faleceram depois de terem sido encaminhadas ao hospital.O prédio, no subúrbio de Mirpur, abrigava três fábricas têxteis que ao todo tinham 2.500 empregados, segundo a polícia. O governo ordenou uma investigação judicial. As confecções são o principal produto de exportação de Bangladesh.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.