Falso Taleban enganou a Otan

Comerciante pobre que se passava por terrorista teria sido recebido até mesmo por Karzai

, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

Uma das apostas mais secretas e promissoras de diálogo com o Taleban revelou-se ontem uma fraude grotesca depois que a imprensa americana descobriu que o elo dos americanos com os rebeldes, um homem que foi recebido em três ocasiões por representantes da Otan e do governo afegão, era, na verdade, Aktar Mohamed Mansur, "um humilde comerciante" de Queta, cidade paquistanesa para onde os taleban fugiram em 2001.

"O falso líder taleban chegou até mesmo a reunir-se com o presidente Hamid Karzai, tendo sido levado a Cabul em um avião da Otan e conduzido ao palácio presidencial", disse o New York Times, mesmo jornal, que, em outubro, havia publicado que as negociações envolviam "discussões amplas, frente a frente, com comandantes do Taleban".

"Nós lhe demos um monte de dinheiro", disse um diplomata ocidental em Cabul cujo nome não foi revelado pelo jornal. Karzai negou que tenha se reunido com qualquer um de nome Mansur e criticou a imprensa americana. / WP e NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.