Falta de energia atrasa operações de refinarias no Golfo

A falta de energia elétrica está atrapalhando o retorno às operações de refinarias norte-americanas. A Valero Energy Corp ainda não voltou a operar. Ela está restaurando a energia para sua refinaria em Houston e trabalha para restaurar a eletricidade de suas refinarias em Texas City e em Port Arthur. Com isso, as três refinarias, que possuem uma capacidade de mais de 500 mil barris por dia, ainda permanecem fechadas, informou o porta-voz da empresa, Bill Day. O duto Explorer, que leva produtos do golfo para o meio-oeste norte-americano também permanece fechado e depende da volta da eletricidade para voltar a operar, disse o porta-voz da companhia, Tom Jensen. Segundo ele, o sistema de dutos de 1.900 milhas que transporta gasolina, diesel e combustível para avião, de Houston até Chicago, não sofreu danos significativos mas precisam de eletricidade para voltar a operar. A Exxon Mobil informou hoje que está levando seus funcionários de volta para as unidades do Golfo do México que foram evacuadas em função da passagem do furacão Ike. A empresa não divulgou, contudo, quando irá reiniciar as operações. A francesa Total SA também informou que não sofreu danos em suas plataformas no golfo. Os funcionários devem retornar às unidades, que produzem perto de 240 mil barris de petróleo por dia, ainda hoje, mas não há prazo para o retorno às operações. As informações são da Dow Jones (Eduardo Magossi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.