Falta de gasolina impede operação no Iraque

Soldados iraquianos não puderam realizar uma batida no norte do Iraque porque não tinham gasolina e metade de seus homens não conseguiu se deslocar até o local da operação, revelou na sexta-feira, 23, o coronel do Exército americano Stephen Twitty.Numa entrevista coletiva em Mossul, Twitty, que comanda a I Divisão de Cavalaria no norte do Iraque, disse que o caso aconteceu em janeiro. "Perdemos uma boa oportunidade de deter um grupo de inimigos", comentou.Ele acrescentou que os iraquianos enfrentam a falta de "gasolina e autopeças".No entanto, ressaltou que as forças iraquianas têm obtido bons resultados e recentemente descobriram um grande arsenal "usando seus próprios recursos de espionagem e soldados"."Eu atribuo o sucesso a um aumento de sua presença e vigilância", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.