Falta de higiene intoxicou soldados dos EUA no Kuwait

A falta de higiene na preparação da comida provocou o envenenamento por salmonela que pôs doentes mais de 250 soldados do Exército norte-americano no início desta semana, num campo ao sul da Cidade do Kuwait, afirmou uma autoridade militar norte-americana. Em declaração divulgada ontem, o coronel Michael C. Doherty, chefe de medicina preventiva junto ao Terceiro Comando Médico, descreveu o ocorrido como um incidente isolado que foi prontamente resolvido. A declaração afirmava que o incidente foi o resultado de "falta de higiene na preparação da comida". A maioria dos 271 soldados do Exército, marinheiros e fuzileiros navais recebeu tratamento por sintomas de intoxicação alimentar nas instalações de Oraifijan. Todos foram logo liberados, afirmam as autoridades militares. Apenas 13 foram hospitalizados.

Agencia Estado,

13 Dezembro 2002 | 13h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.