Falta desmontar Al-Qaeda e prender Bin Laden, diz Blair

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha recomendou que o exército se mantenha preparado para eventualmente seguir ao Afeganistão, para realizar a patrulha e garantir a segurança nas cidades tomadas pela Aliança do Norte. O Ministério destacou, no entanto, não haver ainda decisão sobre o envio efetivo das tropas. O primeiro-ministro Tony Blair negou-se a comentar especificamente qual será a atribuição futura do exército britânico no Afeganistão e enfatizou que a campanha das forças aliadas ainda não está concluída. "É importante saber que o total de nossos objetivos ainda não foram preenchidos no Afeganistão", disse Blair. "O Afeganistão não deve ser utilizado para exportar o terrorismo pelo mundo", acrescentou. "A rede al-Qaeda deve ser desmontada e Osama bin Laden levado à Justiça", disse. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.