Família de Jean Charles quer audiência com Lula

Os advogados da família do brasileiro Jean Charles de Menezes, morto pela polícia inglesa no metrô de Londres em julho do ano passado, encaminharam nesta quinta-feira um pedido formal de audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a sua visita a Londres na semana que vem, de acordo com parentes do brasileiro. Os primos do eletricista querem pedir que o presidente interceda diante do governo britânico para garantir uma resolução satisfatória do caso. "Do Lula, só queremos duas coisas: que ele peça o esclarecimento da morte do nosso primo e Justiça", afirmou Alex Alves Pereira, um dos primos de Jean Charles que moram em Londres. Ainda nesta quinta-feira, representantes da família de Jean Charles participaram de uma reunião com a Comissão Independente de Queixas contra a Polícia (IPCC, na sigla em inglês). Os representantes do órgão, que já entregou uma apuração sobre as circunstâncias da morte do brasileiro à Promotoria da Coroa Britânica, informaram a família sobre o andamento da investigação sobre a conduta do chefe da polícia metropolitana de Londres, Ian Blair, nos dias seguintes à morte do brasileiro. No entanto, de acordo com Alex Pereira, que participou da reunião, a nova investigação do IPCC ainda não está muito adiantada. "Ainda vai demorar um certo tempo para chegarem a uma conclusão. Acreditamos que até junho, mas eles parecem estar no caminho certo", afirmou Pereira.

Agencia Estado,

02 Março 2006 | 16h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.