Família é morta ao ser confundida com guerrilheiros na Colômbia

Cinco pessoas morreram na Colômbia ao serem confundidas com guerrilheiros por uma patrulha militar. O exército realizava uma operação contra a guerrilha, interceptou as cinco pessoas e as mandou parar, mas elas saíram correndo e os soldados atiraram. Eram três adultos e dois menores de idade, todos de uma mesma família.O incidente ocorreu na noite deste sábado, quando os militares foram notificados da presença de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) nas proximidades de uma das principais estradas do país, onde têm ocorrido muitos assaltos nos últimos meses.O comandante das forças militares da Colômbia, general Carlos Alberto Ospina, afirmou, em entrevista a uma emissora de TV, que a morte das cinco pessoas deixou o exército "muito triste" porque o que os militares buscam é exatamente proteger os civis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.