Reprodução
Reprodução

Família encontra bebê desaparecido durante ataque em Nice após postar mensagem no Facebook

Parente dos pais do menino, de oito meses, divulgou mensagem informando que ele estava em um carrinho azul; uma hora depois a mulher recebeu a informação de que ele estava bem

O Estado de S. Paulo

15 de julho de 2016 | 12h25

PARIS - Graças a uma publicação no Facebook, uma família conseguiu encontrar em Nice o filho de oito meses, perdido na confusão durante o atentado de quinta-feira que deixou ao menos 84 mortos e 100 feridos em Nice, durante as comemorações da Festa Nacional da França.

Minutos depois do ataque, uma parente dos pais da criança - que saiu ilesa do massacre - escreveu uma mensagem dizendo estar em busca de um bebê "em um carrinho azul", junto a uma foto da criança e o número de telefone para "caso alguém a encontrasse".

A solidariedade foi imediata. O apelo foi divulgado milhares de vezes e uma hora depois da publicação, a família anunciava pela mesma rede social que a criança havia sido encontrada sã e salva. Tiava Banner, a responsável pelo texto, agradeceu a ajuda conseguida, destacou não ser a mãe da criança e disse que a família não dará entrevistas, já que alguns parentes estão internados.

Este era um dos vários anúncios de busca de pessoas divulgados nas últimas horas em diferentes redes sociais por internautas que não conseguiram achar familiares e amigos durante a correria.

Ainda na noite de quinta-feira, as autoridades francesas disponibilizaram um número de telefone oficial para ajudar a localizar eventuais vítimas do ataque. /EFE

 

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaNiceTerrorismoJihadismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.