Isabel Infantes/AFP
Isabel Infantes/AFP

Família real divulga vídeo da infância de Elizabeth II, que completa 94 anos

Todos os festejos oficiais foram cancelados devido à pandemia de covid-19; a rainha e seu marido estão confinados na residência de Windsor

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de abril de 2020 | 15h26

LONDRES - Para celebrar o 94º aniversário da rainha Elizabeth II nesta terça-feira, 21, a família real britânica divulgou nas redes sociais um vídeo com imagens da infância da monarca, já que todos os festejos foram cancelados devido à pandemia de covid-19.

Nas gravações é possível ver uma menina de poucos anos brincando com um carrinho de bebês, com a irmã, a princesa Margaret, e já um pouco maior dançando junto a ela e andando a cavalo, uma de suas paixões.

"Para quem está comemorando aniversário em casa hoje, com ou sem os entes queridos, enviamos nossos felizes agradecimentos", disse a conta da família real no Twitter.

A rainha está confinada com o marido, o príncipe Philip, na residência de Windsor, de onde recebeu as felicitações da família e de amigos virtualmente.

Devido às restrições impostas para frear a pandemia, os sinos da Abadia de Westminster, que soam nos aniversários da rainha, permaneceram em silêncio, o que não ocorria há mais de uma década, nem houve salvas de canhão, pela primeira vez no reinado de Elizabeth II. 

A soberana está há semanas confinada em Windsor, ao oeste de Londres, com seu marido, de 98 anos. Devido à idade avançada, ambos estão no grupo de risco da covid-19. 

Também para a data, os confeiteiros reais compartilharam uma suntuosa receita de cupcakes de chocolate. 

A rainha Elizabeth II recebeu parabéns de sua família a distância, pelas redes sociais. O primeiro foi seu filho mais velho, o príncipe Charles. O herdeiro do trono britânico tuitou uma série de fotos da soberana ao longo dos anos.

Charles contraiu covid-19 e já está recuperado. Ao contrário do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que teve de ser internado na unidade de terapia intensiva, o príncipe sofreu uma versão leve da doença.

O filho mais velho de Charles, segundo na linha sucessória, príncipe William, publicou uma fotografia dele com a avó e sua mulher, Kate.

A casa real já havia anunciado que não haverá o tradicional desfile militar, celebrado todos os anos em junho, para festejar oficialmente o aniversário da rainha Elizabeth II.

Em um histórico discurso transmitido pela televisão no início de abril, a rainha convocou seus súditos a resistirem, assegurando que "dias melhores virão".

Na segunda-feira, seu marido divulgou uma mensagem de caráter excepcional, na qual elogiou o "vital e urgente" trabalho do pessoal de saúde, especialistas e cientistas que lutam contra o coronavírus. Philip está há quase três anos afastado da vida pública. / EFE e AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.