Solly Boussidan/AE
Solly Boussidan/AE

Familiares de britânicos mortos nas Malvinas recebem medalhas

Os 255 soldados que morreram na Guerra, em 1982, tiveram seu 'valor e valentia' reconhecidos

18 de junho de 2012 | 15h30

LONDRES - Os familiares dos 255 soldados britânicos que morreram na Guerra das Malvinas, em 1982, receberam a Medalha Elizabeth, em reconhecimento a seu "valor e valentia".

Veja também:

linkFim da guerra das ilhas Malvinas completa 30 anos nesta quinta-feira

video TV ESTADÃO: Kirchner quer negociar Malvinas com Reino Unido

tabela ESPECIAL: Guerra das Malvinas

Os familiares receberam a insígnia em um evento de comemoração e ação de graças na Capela Memorial das Ilhas Malvinas, em Pangbourne, no condado inglês de Berkshire.

O chefe da Marinha britânica, almirante Mark Stanhope, afirmou que a medalha é um reconhecimento aos soldados que deram a vida "para libertar as Falkland, (nome pelo qual os britânicos se referem ao arquipélago no Atlântico Sul) da invasão argentina".

"É uma responsabilidade de nossa nação em seu conjunto valorizar a importância da campanha, ao reconhecer que o Reino Unido é um país que defende o que considera correto e vai e faz algo por isso", acrescentou Stanhope.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.