Famílias separadas na guerra serão reunidas

As Coreias do Norte e do Sul fecharam ontem um acordo para retomar, a partir do mês que vem, as reuniões das famílias que foram separadas pela Guerra da Coreia (1950-1953). Em outro gesto de distensão em relação ao vizinho, Pyongyang também anunciou que libertará hoje quatro pescadores sul-coreanos que foram presos em águas norte-coreanas. As ações são os sinais mais recentes feitos pela Coreia do Norte para tentar melhorar as relações com os EUA e a Coreia do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.