´Fantasma´ em filme assusta funcionários de corte nos EUA

Advogados, xerifes e juízes estão com medo de imagem de câmera de segurança

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h05

Uma estranha imagem capturada por uma câmera de segurança em uma corte dos Estados Unidos tem deixado xerifes, advogados, escrivães e juízes de cabelo em pé. Os funcionários do Primeiro Distrito Judicial do Novo México, em Santa Fe, acreditam que a câmera gravou um fantasma, segundo informa uma reportagem do The New Mexican publicada na última sexta-feira, 15. Para minimizar, outras pessoas dizem que a imagem nada mais é do que um reflexo de um carro passando ou uma folha caindo. "Eu não sei o que é, mas eu acredito que está bastante claro o que se mostrou na sexta", afirmou Sally Saunders, assistente do juiz Stephen Pfeffer. "Agora temos algo sobre o que conversar." O vice-xerife de Santa Fe, Alfred Arana, reparou na imagem quando ele começou a rever os vídeos da segurança da noite anterior. O sargento Vanessa Pacheco também assistiu ao vídeo. "É algo inexplicável", disse Pacheco. "Eu não acredito em fantasmas e por isso não acho que seja um." O vídeo mostra um brilho vindo ou do teto do carro ou da porta do edifício. Ela se move para a direita do carro e depois some do foco. Alguns funcionários da corte disseram se tratar de um reflexo. Outros rebateram afirmando que o sol não poderia causar esse tipo de reflexo pois não estava alto o suficiente e também porque uma árvore cobria a maior parte da área. Arana afirma que ficou estremecido quando assistiu ao vídeo pela primeira vez. Ele diz não ter idéia do que a câmera filmou. A escrivã Candy Sisneros, disse seu marido, trabalhava durante a noite no local e costumava escutar passos, portas abrindo e fechando e elevadores subindo e descendo. Outros empregados dizem escutar gritos e sussurros durante o trabalho noturno na corte. Jude Torres, que trabalhava na limpeza noturna, diz que os ruídos costumavam vir do lado do prédio em que a luz foi vista. Earl Rhoads, um defensor público, acredita que a imagem é apenas reflexo do movimento de um galho. "Não acredito que seja alguma demonstração paranormal", afirmou. "Acho que isso é completamente explicável."

Mais conteúdo sobre:
Associated Press

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.