FAO aceita Rimini para realizar fórum

A agência de comida e agricultura das Nações Unidas (FAO) concordou em transferir sua cúpula de Roma para o balneário de Rimini, no Mar Adriático. Segundo o porta-voz da FAO, Nick Parsons, as datas do encontro, de 5 a 9 de novembro, continuam as mesma. Há vários meses o governo italiano vem solicitando à agência para transferir a reunião devido ao temor de que pudesse ocorrer o mesmo tipo de violência registrado em Gênova durante a cúpula do G-8. Os ataques terroristas de 11 de setembro nos Estados Unidos adicionaram novas preocupações com segurança e há informações que dão conta de que algumas nações que compões a FAO teriam solicitado para que a reunião fosse cancelada. Segundo Parson, 192 países foram convidados para a cúpula da FAO. Ele disse que são esperados cerca de 4.000 delegados. O balneário de Rimini foi proposto pelo governo italiano como alternativa à Roma em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.