Farc atacam posto do Exército no sul da Colômbia

Guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) dispararam contra um posto do Exército perto de San Vicente del Caguán, povoado emblemático onde delegados do governo do ex-presidente Andrés Pastrana e rebeldes das Farc mantiveram frustrados diálogos de paz, realizados entre 1998 e 2002, informaram autoridades colombianas. Grupos de rebeldes efetuaram disparos contra a base de Los Pozos, próxima a San Vicente, no departamento de Caquetá, no sul do país. O prefeito de San Vicente, Alberto Benavides, declarou que o ataque foi repelido pela polícia local, e que não houve registro de mortos ou feridos. Este tipo de ação ocorre esporadicamente nos postos dos corpos de defesa da cidade, disse ele. Benavides denunciou que nos arredores de San Vicente "é possível observar um movimento constante de guerrilheiros". Disse ainda que alertou o presidente colombiano Álvaro Uribe sobre a possibilidade de um ataque contra a população do município. O ataque em San Vicente del Caguán é mais uma da série de ações rebeldes feitas em várias regiões do país nos últimos dias. A ações provocaram a destruição de torres de condução de energia elétrica em Antioquia, no noroeste colombiano, e a queima de caminhões e ônibus em estradas.

Agencia Estado,

02 Março 2006 | 01h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.