Franklin Reyes/AP
Franklin Reyes/AP

Farc e governo colombiano retomam negociações de paz

Grupo guerrilheiro critica proposta de Bogotá de submeter a referendo um futuro acordo

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 13h25

HAVANA - Representantes do grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do governo colombiano retomaram nesta segunda-feira, 26, o diálogo de paz, apesar de não terem chegado a um acordo sobre a proposta de Bogotá de levar a referendo um futuro tratado de paz.

"Apesar das circunstâncias, as Farc se manterão na mesa, fiéis ao compromisso de buscar a paz para a Colômbia por todos os meios", declarou o chefe negociador das Farc, Iván Márquez, em comunicado lido minutos antes da retomada do diálogo, em Havana.

O governo alega que a questão trata-se apenas de uma divergência técnica e afirmou negociar de boa-fé, declaração que teria facilitado a retomada do diálogo hoje.

Na sexta-feira, as Farc suspenderam as negociações com o governo por causa da recusa do presidente Juan Manuel Santos em aceitar a convocação de uma Assembleia Constituinte para referendar os termos eventualmente acertados.

Ao invés de reformular a constituição, os representantes do governo colombiano propõem a convocação de um referendo sobre um futuro acordo de paz. O diálogo encontra-se atualmente na segunda de seis etapas de negociação./ AP

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaFarcnegociações de paz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.