EFE/EFRAÍN HERERA
EFE/EFRAÍN HERERA

Farc estão preparadas para guerra urbana, diz Santos

Presidente diz que acordo final está próximo, mas mantém cautela em relação à guerrilha

O Estado de S. Paulo

17 Junho 2016 | 16h47

BOGOTÁ - O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou na madrugada desta sexta-feira, 17, que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estão preparadas para começar uma guerra urbana caso fracasse o processo de paz que o governo negocia com a guerrilha há mais de três anos e meio em Havana, e que está próximo de terminar.

"Temos informação de que eles estão preparados para voltar à guerra e à guerra urbana, que é mais demolidora que a guerra rural", disse Santos na cidade de Medellín, onde participa do Fórum Econômico Mundial (WEF) para a América Latina.

No Fórum, o presidente comandou a conferência "Assegurar a paz na Colômbia", que foi moderada pelo ex-primeiro-ministro espanhol Felipe González.

Santos aproveitou a ocasião para explicar o estado das negociações, que devem ser concluídas "nas próximas semanas", faltando que um acordo sobre o último ponto dos cinco da agenda de diálogos, que inclui o desarmamento e a desmobilização de guerrilheiros.

Sobre esse assunto, o presidente disse que "nestes próximos dias" espera "terminar essa negociação sobre esses pontos, onde vão entregar as armas, a quem, em que zonas vão se concentrar e em quanto tempo". / EFE

Mais conteúdo sobre:
ColômbiaFarcJuan Manuel Santos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.