Farc pedem mediador para entregar reféns

A guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) pediu ontem um mediador de um "país irmão" para a entrega de seis reféns políticos mantidos pelo grupo rebelde. O governo colombiano, porém, afirmou que apenas a Cruz Vermelha e a senadora Piedad Córdoba estão autorizados a receber os sequestrados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.