Farc perde doze combatentes em conflito com Exército

Doze guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foram assassinados neste sábado em vários combates travados com o Exército colombiano em diferentes regiões do país, segundo fontes militares de Bogotá.Dois dos combates morreram perto do município de Urraro, no estado de Antioquia, região nordeste do país, quando as tropas do exército enfrentaram o grupo Frente 34, braço das Farc.Um terceiro guerrilheiro, do mesmo grupo, morreu na zona rural de Chumurro, no município de San Francisco, também em Antioquia.Perto de Puerto Libertador, no estado de Córdoba, outros dois combatentes, do grupo Frente 18, morreram durante um conflito armado.Na zona rural de Tierra Santa, no estado de Sucre, também no nordeste da Colômbia, outros três guerrilheiros do grupo Frente 35 morreram. Em Vista Hermosa, zona rural do país, mais três combatentes da Frente 27 morreram. Um guerrilheiro do grupo "Arturo Ruiz" foi assassinado no município de El Tarra, no estado de Norte Santander, segundo o exército do país.O Exército colombiano não registrou militares mortos ou feridos, porém informou o desaparecimento de armas, munição, explosivos, equipamentos de comunicação e vários documentos. Segundo o Exército, o desaparecimento dos materiais vão ser "analisados pelo serviço de inteligência".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.