Farc podem libertar Ingrid Betancourt, diz deputado

O presidente da Câmara colombiana, Alonso Acosta, foi informado de que os seqüestradores da ex-candidata à presidência colombiana Ingrid Betancourt planejam libertá-la nos próximos dias. "Temos informações de três fontes diferentes", disse Acosta. Entretanto, ele não quis falar sobre detalhes, nem o nome das fontes. Betancourt foi seqüestrada há 18 meses pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Boatos prévios de sua libertação nunca se confirmaram.As Farc seqüestraram Betancourt e sua gerente de campanha, Clara Rojas, em fevereiro de 2002, quando as duas tentavam entrar em um território controlado pelos guerrilheiros no sul colombiano, durante a campanha eleitoral. No sábado, um vídeo divulgado na televisão local mostrou Betancourt pedindo ao governo para resgatá-la. Este foi o primeiro sinal de que ela pode estar viva desde que os rebeldes divulgaram um vídeo anterior, em julho de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.