Fãs fazem vigília em frente a casa de Amy Winehouse

Os fãs de Amy Winehouse estão em estado de choque após a morte da cantora. Um ambiente de tristeza e incredulidade toma conta de Camden Square, rua onde ela morava, no norte de Londres. A causa da morte ainda não foi confirmada. A autópsia do corpo deve ser realizada amanhã ou segunda-feira.

DANIELA MILANESE, Agência Estado

23 de julho de 2011 | 21h12

Em frente a casa da cantora, o silêncio dos admiradores reflete a surpresa da morte. Um grupo fiel se mantém em vigília, enquanto diversas pessoas chegam para observar o movimento e saem, garantindo um ambiente tranquilo. Por volta das 18h30 (de Brasília, 22h30 local), cerca de cem fãs se reuniam no local. Levam flores, velas e mensagens de despedida.

Muitos se abraçam e ouvem as músicas de Amy. Diversas famílias passam pelo lugar, trazendo crianças. "É simplesmente surreal", disse o fisioterapeuta australiano Matthew Snype, de 30 anos, que viu Amy ao vivo num show em 2004, antes do mega sucesso. "Uma loucura receber hoje essa notícia, depois do choque com o atentado em Oslo", comentou, se referindo à ação de um atirador que deixou 92 pessoas mortas ontem na capital da Noruega.

O silêncio em Camden Square foi quebrado por volta das 19 horas (23h de Londres), quando duas fãs vestidas como a cantora embalaram com bom pulmão a letra de "Back to Black". "Estou absolutamente devastada", afirmou uma delas, a estudante Abigail Liebovitz, de 16 anos. Sua amiga Faye Harris, também de 16 anos, se disse chocada com a perda de alguém tão jovem. "É muito estranho saber que ela se foi e não está mais aqui."

Brasileiros

Um grupo de dez brasileiros residentes em Londres também foi homenagear a cantora. O publicitário Álvaro Kassab Neto, 24 anos, disse que estava triste e emocionado. "Viemos por curiosidade e também para participar do momento."

Ele contou que frequentava o pub The Hamley Arm''s, em Camden Town, às quintas-feiras, na esperança de encontrar a cantora, mas nunca conseguiu. Esse era o pub preferido de Amy, também no bairro de Camden Town.

A frente da casa da cantora está bloqueada e protegida por cinco policiais. Os fãs se concentram ao redor e depositam flores e velas junto a uma das árvores da rua.

Tudo o que sabemos sobre:
morteAmy Winehousefãsvigília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.