Fatah culpa Israel por violência nos territórios palestinos

O secretário do movimento Fatah, Farouk Qadumi, a principal facção da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), responsabilizou Israel nesta quarta-feira pela violência nos territórios palestinos.Qadumi, após se reunir com o vice-presidente sírio, Farouk al Chara, em Damasco, também considerou que o Ocidente se mantém "indiferente" diante dos últimos ataques israelenses contra a Faixa de Gaza."Israel esteve jogando um papel importante na crise (entre as facções palestinas), e bombardeia continuamente os territórios palestinos. Israel é um foco de tensão na região, enquanto os países ocidentais se mostram indiferentes sobre o que acontece" nos territórios palestinos, disse Qadumi.Segundo ele, a posição do Ocidente frente aos últimos eventos nos territórios palestinos "ajuda ao cerco (israelense) imposto ao povo palestino, o que significa que eles contribuem para aumentar a tensão e a prejudicar a paz e a segurança da região (do Oriente Médio)".O líder palestino pediu que todas as facções palestinas comecem "um diálogo construtivo para alcançar um programa comum, que permita reduzir a tensão e preservar a união nacional".Chara reiterou o pedido de seu país para que todos os movimentos palestinos "recorram ao diálogo e desistam de qualquer medida provocativa".A tensão entre o Fatah e o movimento islâmico Hamas aumentou após a vitória desse último grupo nas eleições legislativas de janeiro passado.Desde então houve enfrentamentos entre os militantes de ambos os grupos, que deixaram vários mortos e feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.