Fatah quer reconciliação com o Hamas, diz porta-voz

O partido Fatah, do presidente palestino Mahmud Abbas, está pronto para novas discussões sobre o longo e ardiloso processo de reconciliação com o movimento adversário, o Hamas, conforme o porta-voz Azzam al-Ahmad anunciou hoje. "No interesse nacional, o movimento Fatah destaca a necessidade de se responder às demandas do povo palestino e de colocar um fim à divisão, com vistas a encerrar a ocupação (israelense)", declarou Azzam al-Ahmad, na cidade de Ramallah.

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2011 | 19h50

"Estamos prontos para encontrar a liderança do Hamas, para que o documento egípcio seja assinado", acrescentou, referindo-se ao acordo mediado pelo Cairo que o Fatah já assinou, mas sobre o qual o Hamas hesitou. Na quinta-feira, jovens palestinos se reuniram no centro de Ramallah pedindo unidade entre as duas principais facções do país, cuja rivalidade remete à década de 1990. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
palestinafatahreconciliação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.