Fatah vai respeitar trégua com Israel

Os líderes da facção islâmica Fatah disseram hoje que vão respeitar o cessar-fogo ordenado pelo líder da Autoridade Palestina, Yasser Arafat. Os oficiais israelenses, entretanto, reclamaram que Arafat não está se empenhando o suficiente para estabelecer uma trégua entre palestinos e israelenses.Danny Naveh, porta-voz do governo de Israel, confirmou que, caso o cessar-fogo falhe, um ataque aéreo será lançado contra alvos da Autoridade Palestina, em retaliação ao atentado terrorista que provocou a morte de 20 israelenses e um palestino, que detonou uma bomba em uma discoteca de Israel.Arafat se reuniu com líderes do Fatah no domingo à noite e pediu para que a onda de terrorismo seja interrompida. "Nós apoiamos completamente o presidente Arafat", disse Hussein Al-Sheikh, líder do Fatah na Cisjordânia. Outros líderes da facção, porém, não puderam participar da reunião. Isso porque, após o atentado, o governo israelense impediu que palestinos que moram em Israel deixem o país e entrem na Cisjordânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.