FBI afirma que evitou possível ataque terrorista

Autoridades do FBI disseram na segunda-feira que evitaram um ataque terrorista que estava sendo planejado em uma pequena cidade do estado de Minnesota, mas não ofereceram detalhes sobre os alvos exatos do ataque ou o motivo do acusado.

AE, Agência Estado

07 de maio de 2013 | 01h24

O FBI disse que "as vidas de vários moradores locais foram potencialmente salvas" com a prisão de Buford Rogers, 24 anos, que fez sua primeira aparição pública na

Corte Distrital de Saint Paul nesta segunda-feira. Ele é acusado de ser um criminoso com posse de armas de fogo.

Rogers, de Montevideo, foi preso na sexta-feira após autoridades revistarem seu trailer e apreenderem coquetéis molotov, bombas caseiras e armas de fogo.

"O FBI acreditava que havia um ataque terrorista em fase de planejamento, e nós

acreditamos que teria sido um ataque terrorista localizado, e é por isso que a justiça agiu rapidamente para executar o mandado de busca na sexta-feira para prender Rogers", afirmou o porta-voz do FBI, Kyle Loven, nesta segunda-feira.

Ele disse que a investigação está em curso, e os agentes estão analisando a questão como um caso doméstico de terrorismo.

Loven disse que a investigação lhe proíbe de entrar em detalhes sobre os alvos de Rogers ou suas possíveis opiniões políticas ou religiosas. Ele também afirmou que o

suposto alvo poderia estar em Montevideo, uma cidade de cerca de 5.000 pessoas cerca de 210 quilômetros a oeste de Minneapolis. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
euaterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.