FBI alerta para possíveis ataques a sinagogas e bairros judeus

Extremistas islâmicos podem cometeratentados com caminhões-tanque carregados de explosivos contrainteresses judaicos nos Estados Unidos e em outros países,alertou, nesta sexta-feira, o FBI, a polícia federal norte-americana."Nossos agentes obtiveram informações de que o terror estápensando em explodir caminhões-tanque principalmente diante desinagogas e escolas judaicas", disse o porta-voz do FBI, BillCarter."Não conseguimos confirmar a maior parte das informações, mas, por medida de precaução, decidimos alertar as autoridades eforças de segurança", acrescentou Carter.O FBI investiga também denúncia feita por um norte-americanode origem libanesa sobre a preparação de um atentado à bomba emLas Vegas, que seria cometido em 4 de julho - na festa daindepedência dos EUA.Michael Hamdan, um empresário de 54 anos, disse terinterceptado involuntariamente em seu celular uma conversação emárabe de pessoas sobre um plano de ataque a Las Vegas. "Liguei o celular e, para minha surpresa, comecei a ouvir oestranho diálogo", contou Hamdan que fala árabe fluentemente."A conversa durou mais de um minuto. Um deles dizia: ´Estamosna cidade da corrupção, da prostituição e do jogo, e falam emliberdade. Bem, vamos golpeá-los no dia da liberdade´." SegundoHamdan, o outro interlocutor limitava-se a dizer "de acordo"."Levamos essa denúncia muito a sério e estamos realizandominuciosa investigação", disse Daron Borst, chefe da delegaciado FBI no Estado de Nevada. As chamadas telefônicas por celulares ocorrem mediante o usode antenas instaladas ao longo das rodovias e não raro algumasdelas podem ser captadas em números errados. Contudo, asempresas de telecomunicações têm condições de indicar número,hora e local das chamadas. Os agentes trabalham com essesdados.Em Londres, o jornal The Times informou que Osama bin Laden,líder da rede terrorista Al-Qaeda, pretende dirigir em brevepela televisão um pronunciamento aos muçulmanos de todo omundo. Segundo o jornal, que atribuiu a informação à um site árabe dainternet, Bin Laden pretende mostrar que está vivo.Serviçossecretos norte-americanos acham que ele pode estar noAfeganistão com seu alto comando ou num local ao longo dafronteira paquistanesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.