FBI começa a analisar caixas pretas de aviões

As caixas pretas do avião da American Airlines que se chocou contra o edifício do Pentágono e da aeronave da United Airlines que caiu sobre um descampado em Pittsburgh começaram a ser analisadas hoje pela polícia federal norte-americana (FBI). A expectativa é de que as caixas, que contém registros do vôo e as gravações das conversas na cabine do piloto, tragam informações sobre a identidade dos seqüestradores e suas últimas ações dentro das aeronaves. O deputado Dick Bridges informou que a caixa com as gravações de voz estava danificada externamente e que a outra, com os registros de vôo, estava carbonizada. Mas o FBI acredita que os dados poderão ser recuperados.A caixa preta do avião que caiu próximo a Pittsburgh, na Pensilvânia, foi recuperada ontem em uma cratera de mais de dois metros, provocada pelo impacto da queda da aeronave, um Boeing 757 da United Airlines, que transportava 45 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.