FBI detém americano em conexão com atentados de Madri

Um homem do Estado americano do Oregon foi detido por agentes do FBI como parte da investigação dos atentados a bomba contra trens em Madri, Espanha, no dia 11 de março. O homem, cuja identidade não foi revelada, é cidadão dos Estados Unidos. A casa do homem, detido como ?testemunha material?, foi revistada. Mandados de prisão contra testemunhas materiais são usados pelo governo dos EUA para manter sob custódia pessoas que possivelmente tenham conhecimento direto de um crime, ou para permitir uma investigação mais aprofundada do suspeito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.