FBI encontra semelhanças entre dois atentados no Iraque

O FBI identificou similaridades entre dois dos três mais recentes atos terroristas praticados no Iraque, mas ainda não é capaz de afirmar se os atentados foram cometidos pelas mesmas pessoas, informam autoridades.Análises químicas realizadas pelo FBI encontraram munições semelhantes entre si no ataque de 7 de agosto contra a Embaixada da Jordânia e na explosão, 12 dias depois, que atingiu o prédio que abrigava a ONU em Bagdá, disse John Pistole, uma alta autoridade em contraterrorismo do bureau.Segundo Pistole, análise do material contra o santuário do Imã Ali, em Najaf, deve estar disponível dentro de poucos dias. Pistole e o principal agente de contraterrorismo do FBI, Larry Mefford, disseram à imprensa que os explosivos usados nos dois ataques podem ser obtidos com facilidade no Iraque, e a semalhança nos materiais usados não basta para provar o envolvimento da Al-Qaeda ou de grupos ligados a Saddam Hussein.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.