FBI prende homem suspeito de viver com terroristas do 11 de setembro

Agentes do FBI prenderam nesta terça-feira um homem que teria dividido seu apartamento com pelo menos dois dos terroristas que seqüestraram o avião usado no atentado contra o Pentágono, em 11 de setembro do ano passado. O FBI informou que o homem, detido na cidade de Baltimore, foi identificado como Rasmi al-Shannaq, de nacionalidade jordaniana. Ele foi preso por estar ilegalmente no país. Fontes do FBI disseram que embora não esteja vinculado diretamente aos terroristas, seu interrogatório é importante para as investigações sobre os atentados do ano passado. "Sua estreita associação com os terroristas durante um tempo prolongado pode proporcionar todo tipo de informação", disse Harry Brandon, um ex-agente antiterrorista do FBI. Ele acrescentou que o depoimento pode levar o FBI aos terroristas e descobrir como eles agiram e planejaram os ataques contra o World Trade Center e o Pentágono. "Isto pode nos levar diretamente ao coração da Al-Qaeda", a organização terrorista liderada pelo milionário saudita Osama bin Laden.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.