FBI prevê protestos violentos contra convenção republicana

A polícia federal americana, o FBI, prevê violentos protestos durante a Convenção Nacional do Partido Republicano em Nova York, mas não dispõe de nenhuma evidência específica para agir contra algum grupo ou pessoa, comentou Gary Bald, diretor-assistente da divisão de contraterrorismo do FBI. Autoridades do município prevêem que centenas de milhares de pessoas protestarão contra a convenção, cujo início está marcado para 30 de agosto. As preocupações com relação à convenção vêm à tona em meio à elevação do estado de alerta em Nova York, devido aos temores de que extremistas tentem atacar a cidade novamente. Nova York continua em nível "alto" de alerta. A maior parte do país está em nível "elevado". Investigadores estão infiltrados em algumas organizações e monitoram os planos de protestos publicados na internet. O FBI também interrogou alguns manifestantes de todo o país antes da Convenção Nacional do Partido Democrata, em Boston, no mês passado. "Não temos conhecimento de nenhum plano específico, mas estudamos todas as variáveis possíveis para adotar ações preventivas e judiciais", disse Bald.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.