FBI vê ameaça terrorista em helicópteros e limusines

A polícia federal americana, o FBI, adverte que seguidores da rede extremista Al-Qaeda podem tentar seqüestrar helicópteros, limusines e outros veículos disponíveis para aluguel com o objetivo de promover atentados dentro dos Estados Unidos. Os helicópteros têm mais capacidade de manobra que os aviões, especialmente em extensas áreas urbanas, como é o caso de Nova York. Além disso, têm "uma aparência menos ameaçadora", permitindo aos pilotos mais flexibilidade para que sobrevoem uma determinada região e atirem os aparelhos contra edifícios, diz um relatório do FBI."Aparentemente, a Al-Qaeda estudou a utilização de helicópteros como alternativa aos aviões", diz o documento enviado na noite da última sexta-feira a departamentos de polícia e funcionários do governo federal em todo o país. A Associated Press teve acesso ao boletim nesta segunda-feira.Um segundo relatório - também divulgado na noite de sexta-feira - alertava que extremistas poderiam fazer uso de uma vasta gama de veículos de aluguel para esconder potentes explosivos. Isto incluiria limusines, que têm maior capacidade de armazenamento em comparação com outros veículos disponíveis para aluguel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.